Aula 3: O Filho Amado e Obediente (Adolescentes)

Texto Bíblico
Lucas 2.21-24,39-52


DESTAQUE
"Embora fosse o Filho de Deus, ele aprendeu, por meio dos seus sofrimentos, a ser obediente” (Hb 5.8).

LEITURA DEVOCIONAL
SEG. Lc 2.51,52
TER. Mt3.17
QUA. Mc 6.3
QUI. Jo 17.1,2
SEX. 2.6-8
SÁB. Jo 4.34
DOM. Hb 5.8
OBJETIVOS
Informar que Jesus recebeu uma boa educação de seus pais;
Destacar que Cristo passou por todas as etapas da educação judaica;
Ensinar que Jesus era um filho obediente à vontade de seu Pai celestial.

VEJA TAMBÉM:

Aula 1: A Imagem do Deus Invisível (Adolescentes)

Aula 2: Uma Pessoa Especial (Adolescentes)

Aula 3: O Filho Amado e Obediente (Adolescentes)


MATERIAL DIDÁTICO
Folha de papel sulfite; lápis.

QUEBRANDO A ROTINA
Professor, confeccione um check list com as seguintes perguntas abaixo e peça-os que façam uma autoavaliação. A ideia é conscientizá-los da importância de ser obediente em tudo. Porquanto, há um mandamento ' muito especial, seguido de uma promessa, que eles não podem deixar de praticar:  Respeite o seu pai e a sua mãe, para que você viva muito tempo na terra que estou lhe dando’' (Êx 20.12).

Checklist:
(       ) Respeito os meus pais quando sou repreendido.
(       ) Ajudo os meus irmãos nas tarefas de casa.
(       ) Sempre comunico os meus pais aonde vou quando saio com os amigos.
(       ) Invisto tempo em meus estudos.
(       ) Fico até tarde na internet sem a autorização de meus responsáveis.
(       ) Minto quando me pedem satisfação de alguma coisa que estava sob a minha responsabilidade.
(       ) Trato os meus irmãos com carinho e respeito.
(       ) Gasto o dinheiro que recebo de meus pais a e maneira responsável.
(       ) Vou à igreja porque tenho prazer em adorara Deus com os meus pais.

ESTUDANDO A BÍBLIA
Prezado professor, a obediência é um preceito crucial para a vida de seus alunos.

Tudo nesta vida depende do quanto estamos dispostos a ser submissos às autoridades que Deus constituiu acima de nós na sociedade. A Capacidade de submissão não é algo com que nascemos com ela, e sim uma questão de formação.
 
Muitos de seus alunos não são educados da maneira devida em seus lares porque não possuem referenciais de respeito e educação. Há pais que não dão bom exemplo para os seus filhos e, com isso, vemos uma sociedade rebelde e que não está disposta a seguir regras. Por esta razão, é importante que você explique aos seus alunos sobre obedecer aos seus responsáveis em tudo aquilo que for correto, ainda que eles não sejam cristãos, pois o Senhor recompensa aqueles que honram seus pais e cumprem o mandamento de Deus. Além do mais, compartilhe com seus alunos a sua experiência de obediência aos seus pais. Conte acerca das suas dificuldades que enfrentou na adolescência para obedecer aos mais velhos, mas que ao final, aprendeu que o caminho da obediência é o melhor.
Hoje, vamos aprender que Jesus, embora fosse divinamente o Unigênito Filho de Deus, em tudo era obediente aos seus pais. Ele cresceu e se desenvolveu como qualquer criança normal e aprendeu a honrar e a respeitar sua família e amigos. Como Filho de Deus, Ele também foi obediente ao seu Pai celestial em tudo, tanto que tinha a preocupação de cuidar dos "negócios de seu Pai” com zelo. Então, vamos conhecer mais um pouco da educação de Jesus?

1. UM MENINO EDUCADO

Quando Deus decidiu que era a hora de enviar o seu Filho Amado a este mundo, o Pai teria de escolher um lar e pessoas que fossem responsáveis pela criação de seu Filho. O interessante nessa história é que Deus em sua sabedoria não escolheu um casal rico que tivesse recursos materiais de sobra para a educação a e seu Filho. Ao invés disso, Ele escolheu colocar Jesus em uma família pobre de bens materiais, mas rica em fé e amor. Os pais de Jesus eram judeus dedicados a Deus (Lc 2.22-24). Este fato comprova que a família de Jesus era pobre e honrava ao Senhor com fidelidade. Foi nesse ambiente humilde que o Filho de Deus cresceu e foi educado por seus pais. O bom exemplo dos pais de Jesus era fundamental para o desenvolvimento saudável do menino.

A criação de Jesus nos ensina muitas coisas, inclusive, acerca da maneira como os filhos devem ser educados. Embora, talvez, tenhamos tudo de bom e de melhor que um adolescente sonha em adquirir, o mais importante, e o que levaremos pelo resto da vida, é o exemplo de nossos pais. Talvez, você não tenha os bens materiais que gostaria de ter ou nem estuda na melhor escola do seu bairro, mas Deus deu a você uma família abençoada, pais e irmãos que, apesar de não serem perfeitos, amam você. Existe algum bem maior do que este? Certamente, não.

Assim como Jesus, talvez você não tenha tudo de bom e do melhor no aspecto material, mas você tem o mais importante que é o amor de Deus e o de sua família. Pense nisso!

AUXÍLIO TEOLÓGICO
"Filhos, sede obedientes

Os filhos de crentes devem permanecer sob a orientação dos pais, até se tornarem membros doutra unidade familiar através do casamento:

1. As crianças pequenas devem ser ensinadas a obedecer e a honrar os pais, mediante a criação na disciplina e doutrina do Senhor (Ef 6.4- Pv 13.24; 22.6).

2. Os filhos mais velhos, mesmo depois de casados, devem receber com respeito, o conselho dos pais (v. 2) e honrá-los na velhice, mediante cuidados e ajuda financeira, conforme a necessidade (Mt 15.1-6).

3. Os filhos que honram seus pais serão abençoados por Deus, aqui na terra e na eternidade (v. 3)” (Bíblia de Estudo Pentecostal. 1 ed. Rio de Janeiro: CPAD, 1995, p.1819).

2. A EDUCAÇÃO DE JESUS



CURSOS BÍBLICOS PARA VOCÊ:


1) CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA Clique Aqui
2) CURSO MÉDIO EM TEOLOGIAClique Aqui
3) Curso de Secretariado para Igrejas Clique Aqui
4) Formação de Professores da Escola Dominical Clique Aqui
5) CURSO OBREIRO APROVADO - Clique Aqui
Matricule-se já ! 

Como todo menino judeu, Jesus também foi educado na lei mosaica. A educação judaica passava por várias etapas. Primeiramente, era dever do pai instruir o filho nas tradições religiosas. Era essencial que as crianças aprendessem a ler as Escrituras aos cinco anos de idade. Depois, o Misnah — que eram as tradições orais aprendidas aos dez anos. Aos treze anos, um menino judeu tornava-se "filho do mandamento”, e era exigido que ele viajasse até Jerusalém para participar das principais festas religiosas anuais. Contudo, dois anos antes, os doutores da Lei requeriam que se levasse o menino a Jerusalém para observar os direitos festivos, ocasião esta em que, provavelmente, Jesus se encontrou com os seus pais quando estes o procuravam durante a festa.

Nos dias de sábado, era normal que pessoas comuns fizessem perguntas livremente aos sábios no Templo durante as festas. Por isso encontramos Jesus entre os doutores perguntando e também ensinando de maneira que todos se maravilhavam com a sabedoria que o Filho de Deus demonstrava (Lc 2.46-48). Do mesmo modo, você também deve ser dedicado aos estudos, pois o Senhor também quer que você se torne uma pessoa sábia e entendida por onde quer que você passe.

Notamos que Jesus passou por todas as etapas comuns que uma criança judia deveria ser educada. Ele era dedicado aos estudos de sua época e, como era comum, todo filho homem teria de aprender uma profissão com seu pai. No caso de Jesus, ele seguiu o ofício de seu pai e tornou-se carpinteiro (Mt 13.55). Este ofício incluía os consertos domésticos, a fabricação de móveis e instrumentos de trabalho agrícola como arados e jugos. Assim, o menino Jesus cresceu em uma família numerosa, cuidando de seus irmãos, pois ele era o filho mais velho e em tudo deveria dar o exemplo.

AUXÍLIO TEOLÓGICO
"Ele 'crescia em sabedoria, e em estatura’.
Ele não poderia crescer nas perfeições da sua natureza divina; mas aqui a referência é à sua natureza humana. O seu corpo crescia em estatura e em volume, Ele estava na idade de crescimento; e a sua alma crescia em sabedoria, e em todos os dons de uma alma humana. Embora a Palavra Eterna estivesse unida à alma humana desde a sua concepção, ainda assim a divindade que residia nele se manifestava gradativamente na sua humanidade. A medida que as faculdades da sua alma humana ficavam cada vez mais capacitadas, os dons que Ele recebia da natureza divina eram transmitidos, mais e mais. E Ele crescia em graça para com Deus e os homens’, isto é, em todas aquelas graças que o faziam aceitável a Deus e aos homens. Desta maneira, Cristo se adaptou ao seu estado de humilhação, para que, tendo concordado em ser um bebê, uma criança, e um jovem, a imagem de Deus brilhasse mais forte nele quando crescesse. Esta glória do Pai brilhava ainda mais na vida de Jesus quando Ele cresceu, já não sendo mais um bebê ou uma criança. Observe, então, que à medida que os jovens crescem em estatura, devem crescer em sabedoria, crescerão no favor de Deus e dos homens” (Comentário Bíblico Matthew Henry Novo testamento: Mateus a João. Vol. V. l.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2008, p.538).

3. UM EXEMPLO DE OBEDIÊNCIA
Além de ser bem educado e obediente aos seus pais, Jesus tinha a consciência de quem Ele era. Humanamente, Jesus era filho de Maria, mas divinamente era o Filho Amado de Deus. Isso explica o seu interesse em cuidar "das coisas” de seu Pai. Quando seus pais perceberam que Ele não estava entre os familiares na volta dos dias festivos, retornaram aflitos para Jerusalém a fim de procurarem por Jesus. Finalmente, o encontraram entre os mestres da Lei e o questionaram o porquê de haver feito aquilo. A resposta foi bem clara: "Por que vocês estavam me procurando? Não sabiam

que eu devia estar na casa do meu Pai?” (Lc 2.49). Jesus sabia da sua responsabilidade de zelar pelas coisas de seu "Pai”. Ele tinha um compromisso espiritual em fazer a vontade de Deus. O próprio Pai deu testemunho de seu Filho no momento de seu batismo por intermédio de João, o Batista, quando do céu foi ouvida a voz que dizia: "Este é o meu Filho querido que me dá muita alegria” (Mt 3.17).

Jesus é o Filho Amado de Deus porque se dedicava em fazer o que estava em conformidade com a vontade do Pai. Deus também se agrada quando estamos atentos em fazer a sua vontade. Quando renunciamos as nossas vontades para servimos a dEle, isso é agradável a Deus. Você também pode ser um filho amado que agrada ao Pai, estudando a Bíblia, fugindo do pecado e servindo a Deus na sua igreja. Saiba que o Senhor se agrada do jovem que mesmo diante de tantas coisas que o mundo pode oferecer, abre mão de tudo para servir e adorar a Deus em santidade.

Além disso, a Palavra de Deus relata que Jesus era um adolescente que conforme crescia fisicamente e em sabedoria, as pessoas se agradavam mais dEle (Lc 2.52). Você já se perguntou se é uma pessoa agradável? Ou se é alguém que as pessoas não querem estar perto?

Seja um filho ou uma filha agradável e obediente ao Pai, pois assim, você será agradável às pessoas ao seu redor também.


AUXÍLIO DIDÁTICO
Professor, seus alunos estão vivendo em uma época em que a mídia e a sociedade empregam forças para convencê-los de que podem decidir o que fazer ou não com o corpo, com a vida, com o dinheiro, sem haver necessidade alguma de prestar satisfação a quem quer que seja. São valores distorcidos de uma sociedade rebelde e que se opõe aos preceitos da Palavra de Deus. Com isso, muitos de seus alunos se sentem acuados em conversar sobre o assunto com as pessoas mais experientes porque pensam que eles não entenderão a dinâmica que a realidade atual apresenta. Por esta razão, amigo professor, é fundamental que você se atualize com relação aos fatos que ocorrem na vida dos adolescentes do século XXI. Saiba que eles não gostam de ser apontados ou mesmo julgados pelo processo que estão passando. Por isso, tenha a paciência de ouvi-los com relação ao que pensam. Fazendo assim, você ganhará a confiança deles, e será mais fácil orientá-los.

Ao final da aula, proponha uma roda de diálogo sobre a temática da lição: A importância da obediência. Ouça-os sobre suas dificuldades de obedecer às autoridades; o que pensam a respeito das exigências que lhes são impostas. Finalize, apresentando o que a Palavra de Deus declara a respeito da obediência.

4. UM FILHO QUE CRESCIA DE ACORDO COM A VONTADE DE DEUS

O crescimento de Jesus se dava de mane 'a integral: físico, mental e espiritual. Apesar da pouca idade, Jesus demonstrava ser um adolescente maduro. Ele não falava qualquer bobagem. O fato de estar no meio dos sábios mostra que Jesus tinha um sério interesse pelas questões espirituais. Seus pais lhe deram a educação de que precisava para se tornar uma pessoa de bem. Mas Jesus foi além. Ele escolheu obedecer ao seu Pai celestial em todas as coisas (Lc 2.46,49). Havia um interesse pessoal de Jesus pelas coisas de Deus.

Na fase da adolescência, é normal você ser influenciado pelas coisas que são comuns ã vida de muitos jovens, mas há algo acima do normal para sua vida: o interesse pessoal pelas coisas de Deus! Quando você atingir este nível, saberá o quanto o Pai o recompensará por isso. Portanto, dedique-se em buscar a presença de Deus e não se deixe levar pelo conselho de más companhias. O adolescente que se volta para as coisas de Deus é diferente. Você não precisa ser igual à maioria, basta ser parecido com Jesus. Seja um adolescente que honre a Deus e respeite o próximo.

RECAPITULANDO
Jesus cresceu em um lar humilde. Apesar dos poucos recursos que seus pais tinham, eles souberam lhe dar uma boa educação. Por outro lado, Jesus também correspondeu à dedicação de seus pais sendo um filho obediente. Podemos aprender com isso que não são os recursos materiais que explicam qual o modelo ideal de educação dos filhos. A maior didática para ensinarmos as pessoas é sendo o exemplo. Os pais de Jesus souberam dar bom exemplo para este quando Ele ainda era um menino. Mesmo sendo o Filho Amado de Deus, Ele não rejeitou a se sujeitar à autoridade de seus pais em tudo o que eles lhe ordenavam. Jesus tinha a consciência de que era o Filho Amado de Deus, o porquê de ter sido enviado a este mundo e o propósito de sua missão. Mas o que adiantaria realizar todo o empreendimento celestial se Ele não se tornasse essencialmente humano?

Por esta razão, o autor da Carta aos Hebreus declara: "Embora fosse o Filho de Deus, ele aprendeu, por meio dos seus sofrimentos a ser obediente” (Hb 5-8). Ele abriu mão de sua glória para assumir a forma humana a fim de ser o nosso melhor exemplo de filho, amado por Deus e orgulho de seus pais. Seja você também o motivo de muita alegria para a sua família!

Refletindo

1.     Que tipo de educação Jesus recebeu em sua infância?
R: Jesus foi educado por seus pais e também de acordo com a ei mosaica.

2.     Você se considera uma pessoa bem educada e trata as pessoas com respeito?
Resposta pessoal.

3.     Conte um pouco a respeito da sua criação.
Resposta pessoal.

=> Lições Bíblicas Dominical – Adultos – Aqui
=> Lições Bíblicas Dominical – Jovens – Aqui
=> Lições Bíblicas Dominical – Adolescentes – Aqui
=> Lições Bíblicas Central Gospel - Aqui


Trimestres: 1º Trimestre – 2020 /
- Tema do Trimestre: Jesus Cristo, o Melhor Modelo
- Classe: Adolescentes
- Lições da Revista do Professor
- Editora: CPAD
- Contribuindo com a EBD: Escola Bíblica Dominical