Aula 4: O Amigo Legal (Adolescentes)

A amizade quando é verdadeira nunca acaba. Por mais que o tempo passe e as coisas mudem de lugar, a amizade permanece, pois foi construída com sinceridade. Nem mesmo a distância pode fazer uma amizade verdadeira chegar ao fim. A história de hoje narra um episódio bem marcante do ministério de Jesus: a Ressurreição de Lázaro. Vamos ver como o Senhor Jesus usou de tão grande compaixão para com os seus queridos amigos?

Aula 4 - O Amigo Leal
Texto Bíblico
Lucas 10.38-42; João 11.1-45
DESTAQUE
"Ninguém tem mais amor pelos seus amigos do que aquele que dá a sua vida por eles” (Jo 15.13).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG. Pv 17.17
TER. Jo 15.13,14
QUA. Pv 27.10
QUI. Lc 1.37
SEX. Rm 8.28
SÁB. Jo 11.40
DOM. 2 Tm 2.11-13
VEJA TAMBÉM:

Aula 1: A Imagem do Deus Invisível (Adolescentes)

Aula 2: Uma Pessoa Especial (Adolescentes)

Aula 3: O Filho Amado e Obediente (Adolescentes)



OBJETIVOS
Conscientizá-los de que os amigos são mais importantes do que as coisas materiais;
Destacar que Deus age em nossas vidas na hora certa;
Informar que Deus quer nos tornar testemunhas da manifestação do seu poder.

MATERIAL DIDÁTICO
Folha de papel sulfite; caneta

QUEBRANDO A ROTINA
Professor, na aula desta semana, seus alunos aprenderão que Jesus é o amigo leal que não desampara nunca. Devemos ter em mente que as muitas aflições que nos sobrevêm nesta vida, fazem parte do plano de Deus para manifestar seu poder ao nosso favor. Por isso, realize uma enquete com seus alunos: Distribua folhas de papel sulfite para cada um. Em seguida, peça que escrevam a seguinte pergunta: Atualmente, como os adolescentes se comportam em relação às amizades? Você acredita que ainda existe amizade verdadeira?

Peça que escrevam o que acham na folha. Depois, os alunos deverão ler em voz alta e expor o que pensam sobre o assunto. Ao final, explique que os nossos relacionamentos devêm ter como base os preceitos que Cristo ensinou: o amor ao próximo, a misericórdia e a verdade. Explique que os amigos são pessoas, que influenciam diretamente nossas vidas, assim como nós também exercemos influência sobre elas. Por esta razão, devemos ser amigos que levam as pessoas a Cristo. As verdadeiras amizades são aquelas que nos ajudam crescer espiritualmente.

ESTUDANDO A BÍBLIA
Prezado professor, o tema da aula de hoje é de suma importância para a vida espiritual de seus alunos. Nos dias atuais em que o amor tem se esfriado entre as pessoas, muitos já não acreditam que exista amizade verdadeira. Mas as Escrituras Sagradas relatam que Cristo revelou ser o melhor amigo que alguém possa ter. Mesmo que venhamos a passar por aflições e tribulações nesta vida, devemos ter a esperança de que Cristo não desampara os seus amigos. Ele mesmo afirmou aos seus discípulos: "chamo vocês de amigos, pois tenho dito a vocês tudo o que ouvi do meu Pai”. Jesus nos considera como seus amigos, e uma amizade verdadeira nos ensina coisas boas. Você tem sido amigo de seus alunos? O nosso comportamento como professor conta muito na hora de ensinar. A afinidade e identificação com seus alunos são fundamentais para que eles sejam cativados a aprender mais o conteúdo da Palavra de Deus na Escola Dominical. Portanto, seja amigo de seus alunos.

Ter amigos com quem possamos contar nos momentos difíceis é muito bom. Eles são pessoas com quem podemos compartilhar nossos segredos e afinidades. A amizade quando é verdadeira nunca acaba. Por mais que o tempo passe e as coisas mudem de lugar, a amizade permanece, pois foi construída com sinceridade. Nem mesmo a distância pode fazer uma amizade verdadeira chegar ao fim. A história de hoje narra um episódio bem marcante do ministério de Jesus: a Ressurreição de Lázaro. Vamos ver como o Senhor Jesus usou de tão grande compaixão para com os seus queridos amigos?

1. Marta e Maria
Marta e Maria eram muito amigas de jesus. Certa vez, o Mestre passava por Betânia e Marta o recebeu em sua casa. Enquanto Marta estava atarefada com as coisas de casa, Maria sentou-se aos pés do Senhor e ouvia o que Ele ensinava. Incomodada com aquela situação, Marta pediu ao Mestre que ordenasse a Maria a ajudá-la com os afazeres domésticos. Então, Jesus disse a Marta: "Marta, Marta, você está agitada e preocupada com muitas coisas, mas apenas uma é necessária” (vv.41,42).

Jesus estava ensinando a Marta que embora ela demonstrasse um desejo de servir, na verdade ela não estava dando a devida atenção ao seu convidado especial. Isso já aconteceu com você? Muitas vezes fazemos as coisas do dia a dia e não percebemos que precisamos dar atenção às pessoas. Por mais importante que seja o nosso trabalho e as nossas preocupações, as pessoas devem ser a nossa prioridade.

A Palavra de Deus nos ensina que devemos pôr em primeiro lugar em nossa vida o Reino de Deus e a sua vontade, e Ele nos dará todas as outras coisas (Mt 6.33). Amigos são importantes e devem ter prioridade em nossas vidas. Não deixe o seu melhor amigo de lado, seja o que for que estiver fazendo, separe um momento para dar atenção a Jesus, o seu amigo especial, Ele prometeu que nunca deixaria você sozinho. Convide o Senhor para compartilhar todos os momentos de sua vida, sejam eles de alegria ou de tristeza. Jesus é o nosso amigo leal!

AUXÍLIO TEOLÓGICO
“Amigo, Amizade:

Duas palavras do AT, a palavra hebraica rea (e seus derivativos), ‘amigo’, ‘vizinho’, ‘companheiro’; e oheb (particípio de ahab, ‘amar’), ‘amante’, ‘amigo querido’; e duas palavras do NT, a grega hetairos, ‘companheiro’, ‘vizinho’, ‘amigo’; ephilos, 'amigo querido’, referem-se a companheiros e amigos íntimos. Dessa forma, tanto o AT como o NT têm palavras tanto para um simples amigo, como para um amigo profundamente afeiçoado.

A Bíblia fala de dois tipos de amizade:
1. Entre um homem e Deus, como no caso de Abraão (2 Cr 20.7; Is 41.8; Tg 2.23) e Moisés (Ex 33.11);
2. Entre um homem e outro homem, como a amizade entre Davi e Husai (2 Sm 15.37; 16.16), entre Elias e Eliseu (2 Rs 2), e entre Davi e Jônatas, que é o caso mais famoso de amizade nas Escrituras, no qual havia um amor que era 'mais maravilhoso... do que o amor das mulheres’ (1 Sm 18.1; 2 Sm 1.26). Há um exemplo extraordinário de amizade entre mulheres, isto é, a amizade de Rute com sua sogra Noemi (Rt 1.16-18). Salomão falou muitas palavras de sabedoria sobre a amizade, tais como: 'Em todo o tempo ama o amigo’ (Pv 17.17); ‘Fiéis são as feridas feitas pelo que ama’ (Pv 27.6); ‘há amigo mais chegado do que um irmão’ (Pv 18.24); e 'Não acompanhes o iracundo’ (Pv 22.24).

O relacionamento experimentado por Cristo e os doze discípulos desenvolveu-se a partir do relacionamento que existe entre mestre e o aprendiz, daquele que existe entre o Senhor e o servo (Jo 13.13), e daquele que existe entre amigo e amigo (Jo 15.13-15). Judas, chamado de ‘meu próprio amigo íntimo, em quem eu tanto confiava’ (SI 41.9), é um exemplo terrível de um amigo infiel (Mt 26.14-16)” (Dicionário Bíblico Wycliffe, 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p.91).

2. Jesus amava seus amigos

O Evangelho nos ensina que sempre que podia, Jesus separava um tempo para compartilhar da comunhão com os amigos mais próximos. E não era diferente com Lázaro e suas irmãs. Certo dia chegou a Jesus a notícia de que Lázaro estava muito doente. Então Maria e Marta mandaram avisar ao Mestre, pois sabiam que Ele poderia curar o seu amigo. Todavia, Jesus ainda demorou mais dois dias no lugar onde estava e Lázaro veio a falecer.

Havia um motivo especial para a demora do Mestre. Quando Jesus recebeu a notícia da enfermidade de Lázaro, Ele afirmou: "o resultado final dessa doença não será a morte de Lázaro. Isso está acontecendo para que Deus revele o seu poder glorioso” (Jo 11.4). O plano de Deus é perfeito, nada foge do seu controle, Ele tem todo o poder e age na hora certa. Então, Jesus reuniu os discípulos e foi para a casa de Lázaro em Betânia. Chegando lá, encontrou Marta e Maria desoladas, lamentando a morte de seu irmão. Então Marta disse a Jesus: "Se o senhor estivesse aqui, o meu irmão não teria morrido!” (v.21). O lamento de Marta expressava a tristeza de alguém que esperava algo mais do amigo em quem confiava. Ela não conseguiu entender o que estava acontecendo. Por que seu amigo amoroso, a quem tanto confiava, demorou em atender ao seu pedido, e justamente no momento mais difícil da vida de seu irmão?

Muitas vezes também não entendemos o porquê de Deus demorar tanto em responder aquilo que estamos lhe pedindo. A sensação que temos é que a situação está indo de mal a piore parece que o Altíssimo não está ouvindo a nossa oração. Mas seja o que for que você estiver passando em sua vida, saiba que esta fase de fato é difícil e você não entenderá porque tantas coisas acontecem ao mesmo tempo. Contudo, não desanime! A Palavra de Deus nos ensina que "todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles a quem ele chamou de acordo com o seu plano” (Rm 8.28). Por isso, sempre espere em Deus e confie no Senhor!

3. O milagre da Ressurreição

A dor das irmos de Lázaro foi tão intensa que elas questionaram o Mestre pelo fato dEle não estar presente no momento mais difícil da vida delas. Mas a resposta de Jesus à Marta foi surpreendente: "o seu irmão vai ressuscitar!” Jesus revelou à Marta que aquilo que parecia impossível se tornaria uma oportunidade para que o nome de Deus fosse exaltado. Marta ainda tentou formular uma explicação lógica para a ressurreição de Lazáro: "Eu sei que ele vai ressuscitar no último dia!” (Jo 11.24). Entretanto, ela não se deu conta de que o poder da vida estava justamente diante de seus olhos. Então, Jesus lhe disse: "Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá. Você acredita nisso?” (vv. 25,26). Embora não soubesse, Marta estava prestes a testemunhar a manifestação do poder de Deus de uma forma jamais vista.

Há muitas situações difíceis de enfrentar na adolescência e você pode até pensar em buscar um caminho mais fácil para resolver seus problemas. Mas o que você precisa é crer e não perder a esperança. Talvez você ainda não se deu conta, mas a resposta está diante de seus olhos. Confie em Jesus, o amigo leal, Ele pode ajudar você nessa caminhada. Creia! Pois a última Palavra pertence a Deus!

4. Tirai a pedra!

Ao chegar ao sepulcro, Jesus viu Maria chorando e com ela os judeus que a acompanhavam. 0 mestre ficou muito comovido com a tristeza que os seus amigos estavam sentindo e também chorou (Jo 11.33,35). Jesus é o nosso maior exemplo de amigo. Quando estamos passando por alguma situação que nos causa muita dor, Ele entende e se compadece de nós. Ele é o amigo de todas as horas!

Depois de demonstrar compaixão com as irmãs de Lázaro, o Mestre se dirigiu ao local onde o corpo de seu amigo estava e olhando para o céu, disse: "Tirem a pedra! Marta, a irmã do morto, disse: — Senhor, ele está cheirando mal, pois já faz quatro dias que foi sepultado!” (v.39). Então, Jesus orou assim: "Pai, eu te agradeço porque me ouviste. Eu sei que sempre me ouves; mas eu estou dizendo isso por causa de toda esta gente que está aqui, para que eles creiam que tu me enviaste. Depois de dizer isso, gritou: — Lázaro, venha para fora!” (Jo 11.41-43). Um grande milagre aconteceu: Lázaro, o amigo amado de Jesus, ressuscitou para a glória de Deus, deixando todos pasmos.

O Senhor não decepciona os seus amigos. Mesmo que tudo pareça perdido, Ele opera na hora certa. Tudo o que devemos fazer é "tirar” a pedra da dúvida, da murmuração, da tristeza e buscar a presença de Deus!

Portanto, não perca a paciência quando você achar que Deus não está vendo o que está acontecendo em sua vida. No momento em que você mais precisar Ele não o desamparará.

AUXÍLIO DIDÁTICO
"Ensinando de Acordo Com o Nível de Nossa Vida Cotidiana

A fim de trabalharmos com o Supremo Mestre nas questões práticas da vida, precisamos aprender como relacionar as necessidades dos alunos às porções das Escrituras que atendem tais necessidades. Damos início à aula com as necessidades de nossos alunos, onde transformações são indispensáveis. Concentramo-nos na necessidade pessoal até que ela capte a atenção de todos e os alunos estejam verdadeiramente preocupados com ela. Isso envolve tanto a emoção como a mente. Verificamos que eles sentem tal necessidade o suficiente para fazer algo a respeito. Conduzimos então o grupo para o trecho bíblico apropriado, que agora lhes fala em termos de vida prática.

Um bom professor também é hábil na formulação de perguntas pessoais que sejam facilmente compreendidas pelos alunos e respondidas pelo conteúdo da lição. As respostas não devem ser de conhecimento prévio da classe, nem devem ser respondidas por um simples sim ou não. Começando com esse tipo de indagação pessoal, a lição terá um bom início e será fácil de ensinar” (LEBAR, Louis E. Educação que é Cristã, 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2009, p.87).

Recapitulando
Jesus amava muito os seus amigos, tanto que entregou a própria vida por amor a eles. A história que estudamos hoje nos ensina que o Senhor é o nosso amigo de todas as horas. Mesmo nos momentos mais difíceis, Ele não nos deixa só. Assim como Marta e Maria que pensavam não haver mais esperança para a situação de Lázaro, seu irmão, nós também nos sentimos sozinhos quando clamamos a Deus e não somos respondidos de imediato. Mas isso não significa dizer que Deus não esteja vendo o que estamos passando. Na verdade, o desejo de Deus é nos preparar para vivenciarmos o melhor que Ele tem para cada um de nós.

Isto não significa que todas as coisas darão certo em sua vida, mas que Deus tem um plano maravilhoso para manifestar seu poder a favor de você. Por isso, não se desespere e não deixe de confiar no amigo verdadeiro, Ele prometeu que estaria conosco todos os dias até o fim dos tempos (Mt 28.20).

REFLETINDO
1.     Você tem considerado o Reina de Deus e a sua vontade como prioridade de vida?
Resposta pessoal.

2.     Como você compartilha os seus segredos e preocupações com Jesus? Resposta pessoal.

3.     Conte um milagre que aconteceu em sua vida quando você achou que não havia mais solução para o problema.
Resposta pessoal.

=> Lições Bíblicas Dominical – Adultos – Aqui
=> Lições Bíblicas Dominical – Jovens – Aqui
=> Lições Bíblicas Dominical – Adolescentes – Aqui
=> Lições Bíblicas Central Gospel - Aqui


Trimestres: 1º Trimestre – 2020 /
- Tema do Trimestre: Jesus Cristo, o Melhor Modelo
- Classe: Adolescentes
- Lições da Revista do Professor
- Editora: CPAD
- Contribuindo com a EBD: Escola Bíblica Dominical