A conduta do crente como filho

🎯 Acesse AQUI as outras partes desta Lição Bíblica

Parte: III – A CONDUTA DO CRENTE COMO FILHO

1. A responsabilidade dos pais.

Os pais devem criar seus filhos na “doutrina e admoestação do Senhor” (Ef 6.4b). A palavra “doutrina” ou “disciplina” (do grego paideia) significa orientação ou treinamento para o desenvolvimento do caráter e pronta obediência das normas. Já a palavra “admoestação”, do grego nouthesia, quer dizer instrução ou advertência que faculta a distinção entre o mal e o bem. Além dessas exortações, cabe aos pais estabelecer os parâmetros de conduta e reagir contra a desobediência de seus filhos. Os critérios dessa educação estão na Palavra de Deus (Pv 22.6). Por outro lado, os pais não devem abusar da autoridade recebida, pois eles devem educar com brandura e amor, sem rigor excessivo ou imposições injustas a fim de não incitar à ira de seus filhos (Ef 6.4a).

2. A conduta requerida dos filhos.

O dever dos filhos é apresentado de forma objetiva pelo apóstolo: “Vós, filhos sede obedientes a vossos pais” (Ef 6.1). A explicação para essa postura é categórica: “Porque isto é justo” (Ef 6.1b). Ela segue a ordem natural divinamente estabelecida, pois Deus deseja que os filhos confiem na sabedoria de seus pais (Lc 2.51). Para ratificar esse ensino, o apóstolo cita o quinto mandamento: “Honra a teu pai e a tua mãe” (Ef 6.2 cf. Êx 20.12). Assim, os filhos devem obedecer e honrar seus pais. Logo, obedecer significa cumprir o que é ordenado; e honrar envolve amor, respeito e até mesmo o sustento em caso de necessidade. Portanto, a obediência é devida enquanto os filhos viverem sob a tutela dos pais e a honra é um dever para a vida toda.

3. O mandamento com promessa.

Aos filhos que obedecem e honram seus pais, uma promessa dupla lhes é assegurada: “Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra” (Ef 6.3). Essas bênçãos incluem prosperidade exterior e vida longa. Embora as dádivas espirituais estejam implícitas, a ênfase recai sobre os benefícios materiais. Significa que ao obedecerem e honrarem a seus pais, os filhos submetem-se ao arbítrio de Deus que, segundo o beneplácito da sua vontade, os recompensa com benesses especiais.

SÍNTESE DO TÓPICO III

Aos pais Deus delegou a responsabilidade de educar e aos filhos o dever de obedecer e honrá-los.

SUBSÍDIO TEOLÓGICO

“Os filhos terão sua formação moral e espiritual com base no modelo dos pais. Uma boa liderança dentro da família abrange três dimensões da vida dos filhos. A primeira dimensão alcança os filhos pela instrução, isto é, refere-se ao que dizemos para os nossos filhos. A segunda dimensão é a influência, isto é, o que fazemos diante e para os filhos. A terceira dimensão é a imagem do que os pais são e mostram para os filhos no dia a dia. A obediência às vezes contraria a nossa natureza carnal. Os pais devem desenvolver atitudes firmes, amáveis e pacientes para com os filhos, para que eles aprendam que a obediência é para o bem deles. Obedecer é um princípio divino estabelecido para um relacionamento sadio para as partes dentro da família. Esse ponto deve ser ampliado no ensino para corrigir conceituações erradas da educação dos filhos” (CABRAL, Elienai. Mordomia Cristã. 1ª ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2003, pp.171,172).

CONCLUSÃO

No modelo divino todos os membros da família cumprem deveres específicos. O marido tem o dever de liderar e amar sua esposa. A esposa o dever de submeter-se e respeitar a liderança de seu marido. Aos pais o dever de educar seus filhos segundo as Escrituras. Aos filhos o dever de obedecer e honrar seus pais. Assim, o amor, o respeito mútuo e a prosperidade fazem parte da família que se porta conforme Deus planejou.

PARA REFLETIR

A respeito de “A Conduta do Crente em Relação à Família”, responda:

• Qual é a ordem de autoridade observada na Bíblia?

Na Bíblia, a ordem de autoridade é observada do seguinte modo: Deus é a cabeça de Cristo, Cristo é a cabeça do homem; e o homem é a cabeça da mulher (1 Co 11.3).

• Como foi o amor de Cristo pela Igreja?

O amor de Cristo para com a Igreja foi altruísta e incondicional (Rm 5.8).

• O que as Escrituras ensinam a respeito da sujeição?

As Escrituras ensinam a sujeição de “uns aos outros no temor de Deus” (5.21).

• O que Cristo fez ao conversar com a mulher samaritana?

o conversar com a mulher samaritana, Cristo quebrou paradigmas da época e se opôs ao preconceito e a discriminação (Jo 4.9,10).

• Como os pais devem criar seus filhos?

Os pais devem criar seus filhos na “doutrina e admoestação do Senhor” (6.4b).

🎯 Acesse AQUI as outras partes desta Lição Bíblica



Nenhum comentário

Imagens de tema por PLAINVIEW. Tecnologia do Blogger.